Em 2020, o desafio para todo mundo é resistir à campanha de volta às aulas da Lepok Papelaria. A Ecco desenvolveu um conceito jovem e superantenado para divulgar a loja, com investimento pesado em marketing de influência, comerciais em mídias on e off-line e uma surpresa para os apaixonados por papelaria.

Desenvolvemos a identidade visual da campanha, que se estende para todas as ações: posts nas redes sociais, comercial para cinema e Youtube, press kits – todos produzidos por aqui. Também desenvolvemos spot para rádio e cuidamos da parte comercial desses processos.

Além disso, realizamos um trabalho intenso de marketing de influência, trabalhando com produtores de conteúdo jovens, entre eles Valentina Schulz, Lucas Burgatti e Ananda, que participaram de diversos desafios relacionados à compra de materiais.

Agora, para deixar o público ainda mais empolgado, criamos uma edição especial da PaperClub, a caixa de assinatura da Lepok. Maior do que as outras edições, a PaperClub de volta às aulas vem com 20 itens desejo, entre canetas, cadernos, lápis de cor, lapiseiras e marcadores.

Acompanhe todas as novidades da Lepok nas redes sociais @lepokpapelaria.

 

Estudos, rolê e música fazem parte da vida dos jovens, então por que não unir tudo isso em uma campanha de volta às aulas supermoderna? Em 2020, a uni-ball Signo Gel e a Ecco convidam o público para seguir o baile com linhas de caneta gel que refletem suas atitudes.

Seguindo a identidade de cada linha de caneta criada pela Ecco em 2019, neste ano a campanha convida o público a entender qual linha tem mais a ver com seu rolê, segundo sua personalidade e signo.

Desenvolvemos o conceito criativo da campanha, selecionamos modelos e produzimos fotos e vídeo promocionais na Tokyo, uma das baladas mais conhecidas de São Paulo. A perfeita união de tecnologia e tradição japonesas.

Também criamos o site com playlists para cada caneta, teste e horóscopo para engajar o público. E para fazer a campanha bombar, trabalhamos com influenciadores; produzimos press kits e apostamos na divulgação em diversos canais digitais.

Confira o site www.uniball.com.br/2020 e acompanhe as postagens nas redes sociais @uniballbrasil.

 

A CiS acredita no poder de transformação possibilitado pela educação. Por isso, a campanha de volta às aulas de 2020 desenvolvida pela Ecco reflete esse princípio e propõe ajudar as crianças e adolescentes do hospital GRAACC.

A cada cadastro no site da promoção Compartilhe Suas Cores com CiS, um kit de produtos é doado ao GRAACC. Essa é a terceira vez que a CiS colabora com a instituição em sua campanha de volta às aulas.

Para os participantes, os prêmios são uma explosão de cor: serão sorteados cinco kits com 50 materiais monocromáticos, nas cores azul, lilás, rosa e amarelo. Ao fim da promoção, os membros da cor com maior número de inscritos concorrerão a um megakit com 200 produtos de todas as cores.

A Ecco é responsável pelo conceito da campanha, criação da mecânica de participação, sorteio, desenvolvimento do site, produção de press kits, divulgação nas redes sociais, produção de fotos e vídeos promocionais e marketing de influência.

Confira o site da promoção www.compartilhesuascores.com.br e acompanhe as postagens diárias nas redes sociais @cisescolar.

 

No período de volta às aulas de 2020, a Ecco decidiu atender aos milhares de pedidos dos fãs da STABILO para desenvolver uma campanha gigante – literalmente.

A Promo dos Sonhos STABILO vai premiar os fãs com réplicas da caneta Point 88 de 1,6m recheadas com produtos. A cada semana, o primeiro fã que adivinhar a quantidade de itens que foram colocados na réplica, leva uma igual para casa.

Além disso, semanalmente a Promo sorteará um kit também, para que todos os participantes tenham uma chance de ganhar. Será que o público vai enlouquecer?

A Ecco desenvolveu todo o conceito, mecânica e comunicação da campanha, que vai contar com o apoio de um time incrível de influenciadores. O site www.promostabilo.com.br já está no ar e teremos posts diariamente nas redes sociais da STABILO.

Acompanhe a @stabilobrasil para conferir tudo o que vai rolar!

 

A essa altura você já deve ter ouvido falar dos serviços do Google, certo? E em como eles ajudam marcas a venderem mais por meio das buscas, não é mesmo? Pois bem, é aí que entra o SEO, Search Engine Optimization (ou Otimização para Mecanismos de Busca, em português), um trabalho estratégico que deve ser aplicado ao seu site ou blog para aumentar a visibilidade da sua marca nos resultados orgânicos dos buscadores.

Chamamos de resultados orgânicos pois, diferentemente dos links patrocinados, pelos quais você disputa um leilão pelas palavras-chave em que deseja aparecer e paga a cada clique que receber, aqui é o algoritmo que tem poder total: ele rastreia as páginas do seu site, as classifica em um índice gigantesco e aplica centenas de “filtros” para ordenar os resultados que serão exibidos para o usuário.

As ações estratégicas para conquistar um lugar entre os resultados selecionados pelo Google passam por todas as áreas envolvidas na construção do site: TI, Marketing, Conteúdo, Comercial, Assessoria de Imprensa e outras, devendo sempre estarem atreladas ao modelo de negócio e à linha de comunicação da marca (tom de voz, persona, público-alvo).

Os principais aspectos avaliados pelo algoritmo para classificar os sites podem ser divididos em alguns grandes grupos: conteúdo, tecnologia, acessibilidade e autoridade.

O conteúdo é referente às páginas do site e engloba textos, imagens, vídeos, infográficos, produtos, formulários, menus e tudo que é visível para o usuário. A tecnologia refere-se ao modo como o site é construído, quais linguagens foram utilizadas e como permitir que o algoritmo consiga rastrear todas as páginas existentes. Acessibilidade, também conhecida como experiência do usuário, foca em questões heurísticas e na forma em que o conteúdo é apresentado nas páginas. Por último, a autoridade consiste em passar confiança e credibilidade, tendo uma marca que seja referenciada por outros sites e divulgada na imprensa.

O princípio do trabalho de SEO se dá com a pesquisa de palavra-chave, que consiste em estudar o comportamento do usuário e entender quais termos ele utiliza quando está buscando pelo produto ou serviço que você tem a oferecer. Idealmente, cada página do seu site deve abordar um tema específico que englobará um conjunto de palavras-chave similares utilizadas pelo usuário. Se a sua marca comercializa sapatos, por exemplo, seu site pode ter os temas e palavras-chave a seguir:

Sapatos

  • sapatos de salto alto
  • sapatos vermelhos
  • sapatos sem salto

Tênis

  • tênis nike
  • tênis adidas
  • tênis puma

Sandálias

  • sandálias plataforma
  • sandálias anabela
  • sandálias rasteiras

A partir dessas palavras é que você deve construir as páginas do seu site, dentro de uma estrutura que faça sentido e apresente o máximo de produtos ou serviços comercializados, garantindo, assim, a visibilidade da marca quando os usuários estiverem procurando por esses termos no Google.

Por isso, é importante que as estratégias de SEO façam parte desde o início do projeto para que seu site seja bem construído, facilmente navegável e tenha um conteúdo relevante que aumente a sua visibilidade nas buscas orgânicas do Google. E para isso, o profissional de SEO é imprescindível dentro das suas estratégias digitais.

Por Bruno Peccerini

 

Tenho uma birra danada de publicitário que se acha o rei da cocada preta em relação ao cliente. Na verdade, acho que qualquer profissional arrogante já perde pontos na largada; por isso, sempre busco absorver conhecimentos com quem vem aqui na agência.

Com Gilberto de Souza, especialista em desenvolvimento humano e organizacional, não foi diferente: ao realizarmos trabalhos pra ele aqui na Ecco, pude ter contato com um dos inúmeros cursos que ele ministra sobre neurociência aplicada à administração. E esse negócio de “se funciona, é obsoleto” foi um conhecimento de Etomologia abordado que pude desdobrar em ao menos meia dúzia de implicações dentro da comunicação. Um deles, o que quero abordar aqui hoje, é sobre construção de uma personalidade de marca nas mídias sociais.

Há cerca de 6 anos, começamos a trabalhar com um cliente do segmento escolar, dono de uma marca forte, com o desafio de criar uma presença digital com personalidade autêntica e consolidá-la junto ao público. Fora do Brasil, a comunicação já funcionava, mas percebemos que empurrar goela abaixo do mercado brasileiro os mesmos conceitos europeus poderia botar tudo a perder. Foi aí que “se funciona, é obsoleto” veio em nosso favor.

Buscamos como trabalhar os principais assets da marca de uma forma mais próxima à nossa realidade, fizemos uso de influenciadores digitais nacionais em diversas situações e recriamos a linguagem sem que houvesse importação de comunicação (um dos motivos de diversas marcas não terem conseguido tanto reconhecimento aqui no país).

Anos depois, ainda estamos colhendo os frutos desta aposta em conjunto com o cliente: a marca está super consolidada no mercado nacional e suas redes, administradas pela agência Ecco, possuem maior alcance e engajamento que sua principal concorrente.

Lembrando que não existe receita de bolo: o que vale é analisar cada cliente e cada produto em toda sua singularidade, absorver o que pode ser aprendido, questionar o que funciona e criar estratégias sob medida para o seu público, seu problema e seu objetivo. O foco em melhoria contínua não pode ser perdido de vista nunca. Afinal, se funciona, é obsoleto.

 

Em 2019, participamos pela primeira vez do Prêmio ABC da Comunicação e já trouxemos 4 troféus aqui para a agência!

O prêmio é uma iniciativa do Portal e Comunidade ABC da Comunicação que tem como objetivo reconhecer, valorizar e dar ainda mais visibilidade para as agências e profissionais de comunicação da região do Grande ABC e Litoral Paulista.

Na cerimônia de premiação, recebemos os troféus de:

• Melhor campanha publicitária – uni-ball Colorindo o Rolê
• Melhor campanha promocional – STABILO Brasil
• Melhor uso de redes sociais – STABILO Brasil
• Melhor campanha de responsabilidade social – CiS Cores do Bem

O reconhecimento por trabalhos que fizemos com tanto carinho e dedicação é gratificante. Que venham os próximos!

 

Você arriscaria as finanças da sua empresa nas mãos de uma pessoa sem preparo? Então, por que fazer isso com a comunicação?

Muitas pessoas acreditam que a comunicação de uma empresa pode ficar nas mãos de qualquer um; afinal, é só um post no Facebook. Certo? Errado! Listei aqui 5 motivos para mostrar que contratar uma agência de comunicação é sempre a melhor opção. Vamos lá?

 

Especialidade no assunto/mais produtividade

Imagine o padeiro da sua padaria preferida. Ele pode até se arriscar a fazer outras delícias, mas sua especialidade é o pãozinho crocante por fora e macio por dentro, como todo mundo gosta. Ao contratar uma agência de comunicação, você passa a contar com um time especializado no que faz, melhorando a sua produtividade e entregas de comunicação, e economizando tempo, algo que nos dias de hoje vale muito mais do que dinheiro.

 

Time completo de especialistas

Agências bem preparadas contam com um time de especialistas prontos para analisar e desenvolver as melhores estratégias de comunicação para a sua empresa. Não é mentira dizer que muitos profissionais da comunicação fazem constantes cursos de atualização, buscando cada vez mais preparo para os desafios apresentados pelo cliente. Ao contratar uma agência relevante, você usufrui desse benefício sem ter dor de cabeça.

 

Ações focadas

Você já entendeu que eles são especialistas, certo? Sendo assim, eles estão prontos para te apresentar as melhores soluções para o seu negócio. Com ações focadas nas suas necessidades, os resultados são mais satisfatórios do que com ações aleatórias que costumam ter o resultado baseado na sorte. Eles inclusive, podem – e devem – propor ações contínuas, gerando um plano de comunicação constante e assertivo, gerando demandas a longo prazo, fazendo com que sua marca cresça de forma constante.

 

Acesso às melhores ferramentas da área

O mundo da comunicação conta com inúmeras ferramentas que transformam as campanhas de marketing em um sucesso, além de medir todos os resultados, claro. No entanto, muitas delas são complexas de usar e requerem treinamento. Imagina quanto tempo o seu funcionário interno levaria para entender cada uma delas e usar com perfeição. Em uma agência de comunicação, os funcionários já estão habituados a usarem essas ferramentas, conseguindo extrair o melhor para cada campanha feita e atingindo com êxito os melhores resultados. Além disso, o custo de cada uma delas é diluído entre todos os clientes, facilitando o acesso aos melhores pacotes.

 

Custos/ajuste de orçamento

O setor de comunicação nunca é privilegiado na distribuição interna de dinheiro e, se você chegou até aqui, sabe muito bem disso. Ao negociar com uma agência, eles podem te oferecer ações de acordo com a verba disponível para sua empresa e que tenham os melhores resultados de acordo com as suas necessidades. Você pagará um valor fechado, sem surpresas, facilitando a aprovação com a diretoria ou conselho interno.

 
31/07/2019

É crise. E agora?

Estar nas redes sociais é palavra de ordem para as marcas e isso está longe de ser novidade. A exposição alcança um maior número de pessoas, ajuda no conhecimento do negócio e promove uma proximidade com o público-alvo.

Ao olhar só para o lado positivo do mundo digital, encontramos, sim, inúmeras oportunidades. Por outro lado, “botar a cara” no mundo traz mais vulnerabilidade. Se você está disposto a aparecer mais, precisa saber lidar com todos os fatores externos que podem chegar às páginas de sua marca.

Sabe aquele post que você jurava que iria ter um super engajamento? Apenas um comentário negativo sobre a imagem publicada, a estratégia ou o objetivo do post pode transformar uma publicação de sucesso em uma crise para a imagem da marca.

A partir do momento em que é identificada uma possível crise, um fator transformador para o desenrolar é: relacionamento. As pessoas que estão fazendo a crítica, estando ou não com a razão, precisam ser ouvidas, entendidas e respondidas. Por isso:

Conheça seu público. Identifique o perfil de quem iniciou o problema para saber como lidar com ele: seria um cliente pragmático? Ou analítico? O modo como ele se posiciona ajuda a traçar qual a melhor estratégia para os próximos passos. O que leva a outra palavra primordial: agilidade. Ninguém quer esperar nas redes sociais, independentemente do perfil. Um comentário respondido rapidamente vai reforçar a transparência da empresa e o desejo em resolver aquele caso.

Descubra o que gerou a crise. Não identificou de imediato a origem do problema? Investigue com o reclamante por mensagem privada, telefone ou e-mail todo o ocorrido para, assim, acionar os responsáveis e ter respostas assertivas. Foi um erro da empresa? Assuma, faça uma retratação com os envolvidos e, depois, publicamente. Não negue problemas, busque soluções.

Aprenda com a crise. Não possui um manual de gestão de crises? É hora de criar. Esse manual deve conter os procedimentos que podem ser adotados e adaptados para cada etapa da crise, de acordo com a missão, visão e valores da empresa, e auxilia a controlar a situação, sem agir de forma precipitada.

Efeito iô-iô. Certifique-se de que todas as pontas foram amarradas, que os envolvidos tiveram respostas e soluções, e tome cuidado para que nada se solte e volte à tona. Uma crise que vai e volta ganha força e pode ficar incontrolável.

Esses passos podem parecer básicos, mas, na hora da crise, muitas vezes, eles são deixados de lado até mesmo por grandes organizações. Por isso, invista em conhecer com quem sua marca está falando e descubra como seus públicos-alvo precisam ser tratados no meio digital. E, acima de tudo, gere confiança. Seus clientes são o espelho da sua marca para o mundo.

 

No dia 30 de abril, o Instagram anunciou uma mudança que trouxe reações controversas para os usuários da plataforma: o fim das curtidas. Omitida, a métrica ficará visível apenas para os donos dos perfis, sob a premissa de desestimular números de popularidade e vaidade para priorizar o conteúdo.

Essa medida obriga o mercado publicitário a buscar novas métricas para avaliação dos influenciadores que contrata, bem como novas maneiras para mensurar os resultados das próprias campanhas on-line.

Essa mudança no Instagram é apenas mais uma que obriga o mercado a se adaptar, buscando novas formas de trabalho. Ganha quem se adapta mais rápido à nova realidade.

Por isso, muito antes desta mudança ser anunciada, a agência ecco já vem adotando outras formas de medir sucesso de campanhas e escolha de influenciadores. Aqui vão 7 destas atitudes que driblam o possível armagedon das curtidas:

1_ Relatórios de performance: peça que o influenciador contratado forneça “prints” dos resultados obtidos com a contratação do post. É algo relativamente simples de providenciar, mas que só é disponibilizado quando pedido claramente no ato da contratação. No nosso caso, colocamos em contrato, inclusive.

2_ Google Trends: essa ferramenta do Google permite que você descubra a quantidade de buscas feitas por um termo durante um período específico. Para influenciadores de maior expressão, serve como termômetro do interesse do público por aquela pessoa.

3_ Landing page associada à campanha: a página de destino nada mais é que um site simplificado que serve como ponto final de ações de comunicação. Elas ganharão ainda mais relevância no jogo da mensuração dos resultados e são fundamentais para que as estratégias que cito a seguir sejam postas em prática.

4_ Stories: esse formato do Instagram ganha ainda mais importância com as mudanças anunciadas. Além de ser cada dia mais utilizado, a maioria dos influenciadores consegue inserir links de redirecionamento, levando a audiência para um ambiente que permite mensurar cliques e interações.

5_ Google Analytics: a melhor maneira de mensurar a quantidade de pessoas que clicaram nos links da sua campanha e se dirigiram ao seu site.

6_ Links parametrizados: esse formato de link permite que você monitore de maneira mais inteligente o percurso que seu consumidor fez do momento em que clicou no link dado pelo influenciador até o momento que ele cumpre (ou não) o objetivo que você planejou na campanha. Esse link nos permite identificar claramente quem mandou o tráfego ao seu site e se esse consumidor se portou da maneira esperada.

7_ Interações: por fim, você provavelmente já deve ter visto perfis no Facebook com milhares de seguidores e praticamente nenhum tipo de interação, sejam comentários, sejam compartilhamentos e (até mesmo) as curtidas. Algo que sempre nos levanta a dúvida se aquele perfil foi alimentado com a compra de seguidores, prática popular no mercado negro dos influencers. Observar as interações desses perfis é importante para averiguar a autenticidade do poder de influência do perfil e serão ainda mais importantes depois da atualização da plataforma ser colocada em prática.

Essa mudança no Instagram é apenas mais uma que obriga o mercado a se adaptar, buscando novas formas de trabalho. O Instagram tem foco no usuário e não está preocupado se sua empresa usa o termômetro das curtidas para avaliar influenciadores. Para quem está na área há mais tempo, sabe que esta não é a primeira grande mudança e nem será a última. Ganha quem se adapta mais rápido à nova realidade.